9.12.08

Deixe-se contagiar

Eu nunca me contagio por esse espírito natalino que mais parece assombrar que alegrar as pessoas. Todos começam a correr em busca de enfeites e as casas ficam atoladas de brinquedinhos feios que saltam das janelas piscando incessantemente e cantando musiquinhas que deveriam inundar nossos corações de amor e esperança.

O desespero de tentar comemorar no final do ano tudo que foi deixado pra trás durante os meses passados, de ver as pessoas que ignoramos por "falta de tempo" ou de celebrar uma nova chance no ano que vem com gente que maldissemos na cozinha do escritório, não é pra mim. Devo confessar, porém, que me rendi às tentações culinárias natalinas e à chance de me deliciar sem culpa.

Se por um lado eu dispenso a correria do Natal e todas as obrigações que aparecem com ela, faço questão de caprichar na ceia e na organização da noite de festança. Isso sim é contagiante.

Na busca por receitas que tornem a ceia de Natal um pouco diferente, sem deixar as tradições de lado, reparei que todos se preocupam com os pratos principais, praticamente ignorando a existência dos acompanhamentos e, especialmente, da sobremesa, afinal de contas é muito fácil comprar um sorvete e uma torta congelada que passar uma horinha montando um doce. Mas, com todo o respeito às "mammas" brasileiras, discordo.

Preparar uma sobremesa que é ao mesmo tempo gostosa, um deleite aos olhos e um presente para seus convidados não precisa ser demorado, ou difícil. Simplifique: compre lindos pêssegos e parta-os ao meio. Coloque em uma assadeira, regue com um bom mel (de preferência aromatizado com laranjeira ou alguma outra flor) e asse no forno já aquecido até que eles fiquem bem macios, quase soltando a casca, mas não deixando desmanchar. Ao tirar de lá você pode salpicar um pouco de raspas da casca de uma laranja. Acrescente lâminas de amêndoas por cima e sirva com um sorvete neutro, ou com um creme de leite fresco batido levemente.

A receita que escolhi para passar aqui como dica para a data tem aparência natalina e gostinho do verão que nos aguarda. Pode ser feita pela manhã, logo antes de você colocar o peru no forno. Não precisa ter experiência na cozinha, basta seguir as instruções.

Torre folhada com creme e frutas

Ingredientes:

- 375g da melhor massa folhada que encontrar
- 250ml de creme de leite fresco
- 100ml de leite condensado
- 350g de morangos e pêssegos, ou framboesas, bananas, ameixas

Modo de preparo:

Abra a massa folhada e corte em 3 tiras compridas de tamanhos iguais. Faça furinhos nelas com um garfo e asse conforme indicado na embalagem.

Enquanto isso, bata o creme de leite até espessar, tomando cuidado para não virar chantilly. Pique as frutas em pedaços pequenos.

Quando a massa estiver assada, comece a montagem. Em uma travessa bonita coloque uma das tiras e sobre ela 1/3 do creme de leite batido mais 1/3 do leite condensado. Cubra com pedaços das frutas picadas. Faça o mesmo até acabar os ingredientes. Para ficar mais bonito, polvilhe açúcar sobre as frutas da última camada, só para criar uma nuvem.

Se quiser criar sobremesas individuais siga o mesmo processo, mas com pedaços menores da massa, que deve ser cortada antes de assar.

2 comentários:

Helo Canassa disse...

Nossa, parece delicioso!

Duas duvidas:

1- Tem que deixar na geladeira antes de servir ou a massa folhada ficara ruim?

2 - Com medo de que fique um pouco seco, tem que ser fruta bem molhada para ficar melhor? Tipo dar preferencia ao morango ou framboesas ao inves de bananas?

Bjs

Con Gusto disse...

Helo,

Se você tiver tempo, deixe para montar na hora de servir. Bata o creme, asse a massa, pique as frutas tudo antes e monte na hora. Caso contrário pode deixar na geladeira para não correr o risco de o creme ficar ruim.

Sobre ficar seco não tem problema usar bananas. O creme vai dar a umidade necessária. E sabe o que combina bem com banana? Maracujá. Fica uma delícia.

Beijos